A oração que causou a controvérsia




A oração que causou a controvérsia
 
Essa é a oração de abertura que foi feita em Kansas na sessão de inauguração da “Kansas House of Representatives”.  Quando se pediu ao reverendo Joe Wright que fizesse a oração de abertura no Senado de Kansas, todos esperavam uma oração ordinária, mas isto foi o que todo escutaram:
 
"Senhor, viemos diante de Ti neste dia, para lhe pedir perdão e para pedir a tua direção.
Sabemos que a tua Palavra disse: “Maldição àqueles que chamam "bem" ao que está "mal“, e é exatamente o que temos feito.
Temos perdido o equilíbrio espiritual e mudamos os nossos valores.
Temos explorado o pobre e chamamos isso de "sorte".
Temos recompensado a preguiça e a chamamos de "Ajuda Social".
Temos matado os nossos filhos que ainda não nasceram e chamamos de “livre escolha".
Temos abatido os nossos condenados e chamamos isso de "justiça".
Temos sido negligentes ao disciplinar os nossos filhos e chamamos isso de “desenvolver a sua autoestima”.
Temos abusado do poder e chamamos isso de "política".
Temos cobiçado os bens do nosso vizinho e a isso chamamos de "ter ambição".
Temos contaminado as ondas de rádio e televisão com muita grosseria e pornografia e chamamos de "liberdade de expressão".
Temos ridicularizado os valores estabelecidos desde há muito tempo pelos nossos ancestrais e a isto chamamos de "obsoleto e passado".
Oh Deus! olha no profundo dos nossos corações; purifica-nos e livra-nos dos nossos pecados. Amém”.
 
A reação foi imediata.  Um parlamentar abandonou a sala durante a oração. Três outros criticaram a oração do padre, classificando a oração como “uma mensagem de intolerância”. Durante as seis semanas seguintes, a Igreja “Central Catholic Church” onde trabalha o sacerdote Wright recebeu mais de 5.000 chamadas telefônicas, das quais só 47 foram desfavoráveis.
 
Com a ajuda de Deus, gostaríamos que esta oração se derramasse sobre a nossa nação, e que nasça em nossos corações o desejo de chegar a ser.


Komentarze